Você está aqui: Home » Notícias » Temas do mundo jurídico. Direito Trabalhista – Assédio Moral.

Temas do mundo jurídico. Direito Trabalhista – Assédio Moral.

TRABALHO EM AMBIENTE HOSTIL PODE GERAR OBRIGAÇÃO DE INDENIZAR POR PARTE DO EMPREGADOR.

Temas do mundo jurídico. Direito Trabalhista – Assédio Moral.
Temas do mundo jurídico. Direito Trabalhista – Assédio Moral.

Sabe aquele emprego ao qual você suou muito para conquistar?!

Que te motiva a acordar cedo todos os dias para ir trabalhar e que paga suas contas e te orgulha? Pois é, esse emprego tranquilo às vezes vira PESADELO!

Não é de hoje e nem novidade que muitos empregados sofrem ASSÉDIO MORAL no ambiente de trabalho por parte de seus empregadores.

 

É de forma sutil que um ambiente de trabalho hostil começa a se formar, muita das vezes mascarado como “estímulo”, mas que no fundo esconde a malícia do empregador em menosprezar e desgastar o funcionário.

Não é ilegal estipular metas aos empregados e cobrá-las, o problema está na forma de se fazer isto.

 

Ser chamado(a) de burro(a) e incompetente vai muito além de mera cobrança de cumprimento de metas.

 

O tratamento humilhante e desrespeitoso demonstrado e comprovado ultrapassa o limite da razoabilidade e extrapola o poder diretivo do empregador.

Dessa forma, o assédio decorre da formação de um ambiente de trabalho hostil no qual o empregado é exposto de forma repetida a perseguições, rigor excessivo, exposição a situações vexatórias e a constrangimentos.

Sem sombra de dúvidas que trabalhar diariamente em um ambiente hostil gerará no funcionário desconforto, sentimento negativo, ansiedade, e muita das vezes, depressão, incapacitando-o para o trabalho, refletindo em perdas indiretas para o próprio empregador.

 


Concluímos com isso que assédio e um ambiente de trabalho hostil só tendem a trazer MALEFÍCIOS e DANOS, principalmente aos empregados que são as partes mais vulneráveis dentro de uma relação de trabalho.


 

FIQUE ATENTO!

 

Se você está passando ou já passou por esse tipo de situação em seu ambiente de trabalho e possui testemunhas que atestem o ocorrido, a JUSTIÇA TRABALHISTA pode te amparar.

Denúncias e ações judiciais têm se tornado frequentes para inibir práticas de assédio moral, bem como visam reparação aos danos causados pelos empregadores.

 

 

Gostou do nosso artigo? #Compartilhe

Entre em contato pelo telefone  (61) 3046-4122 ou 98541-8486 e fale com um Advogado especialista em Direito Trabalhista.

 

 

Vamos conversar?

Preencha os campos abaixo que entramos em contato com você.

Anti-spam:  3 + 8 =   

Visite-nos